Conferência histórica em Rabat
Decorreu a 20 de Junho no Instituto de Estudos Hispano - Lusófono da Universidade Mohammed V em Rabat o lançamento do Projecto “Era uma vez o Al-Andalus – Encontro de Povos e Culturas – 2019 – 2021” com um colóquio e demonstrações históricas da época dos Séculos XI ao XIII. O objectivo deste Projecto é de ampliar e expandir os intercâmbios culturais em todo este território, considerado um farol da civilização mundial, realçando a diversidade cultural comum e a tolerância através do potencial cultural e artístico que liga África à Europa através de um conjunto de eventos de recriação histórica de época e de conferências e de exposições neste Território Euro-Africano sobre a égide do Encontro de Povos e de Culturas ! Foram apresentadas várias comunicações (em francês) pelos especialistas de renome internacional, oriundos dos três países Andaluzes como o interesse institucional das várias entidades deram o fundamental averbamento técnico e cientifico ao Projecto, nomeadamente, La contribution d’al-Andalous dans le développement scientifique des royaumes ibériques. Dr. Fernando António Baptista Pereira (Université de Lisbonne), Le poids d'al-Andalus et le rôle des Andalous dans la politique maritime des Almoravides. Dr. Mostapha Taher (Université Sidi Mohamed Ben Abdellah. Fès) e La grande confédération des Ṣinhāŷa: présence dans la toponymie et dans l'histoire d'al-Andalus. Dr. Virgilio Martínez Enamorado (Université de Málaga). O Passado Vivo é a entidade coordenadora do Projecto em Portugal e Espanha tendo marcado presença com a explicação da estratégia global destas acções e com algumas demonstrações históricas ao longo do dia para os visitantes e participantes nesta Jornada histórica que junta Portugal + Espanha + Marrocos num conjunto de acções que vão decorrer nos próximos anos!